Clube da Caneca: Uma amizade embalada por cafés

Foto: Rafael Rodrigues.

Foto: Rafael Rodrigues.

Nesta madrugada, embalada pelo clima ameno que faz lá fora, resolvi fazer um café. Para os que me conhecem sabem que isso não é nenhuma novidade assim como eu colecionar e adorar canecas, o que muitos não desconfiam é a história que cada caneca traz consigo e foi por isso que eu decidi hoje partilhar com vocês, meus caros leitores, a história de uma delas, a que eu estou exatamente tomando um delicioso café agora.

24/08/12 – É o meu aniversário e reuni alguns amigos para comemorar. O querido Filipe Knaak Sodré estava presente e segurava um bonito embrulho. Eu e Filipe nos conhecemos há muitos anos, desde que eu – uma capixaba/paraense – ainda morava no Pará, de lá para cá foram muitos cafés que embalaram a nossa convivência, acredito que “o café une as pessoas e reafirma os laços de amizade” e o tempo só confirmou isso.

Ganhei a caneca do Van Gogh do Van Gogh Museum Amesterdam com o quadro “The Bedroom de 1888.

Vicent Van Gogh (1853-1890), obra "The Bedroom", 1888.

Vicent Van Gogh (1853-1890), obra “The Bedroom”, 1888.

Foto: Rafael Rodrigues.

Foto: Rafael Rodrigues.

Eu gosto muito de arte e das obras do Van Gogh em um dos meus estudos de desenho/pintura eu fiz – ou pelo menos tentei – este quadro.

Quando eu olho para esta caneca, eu me lembro não só dessa minha identificação com a arte, mas de como a vida me presenteou com uma amizade tão bonita. Uma pessoa pela qual nutro profunda afetividade, carinho e admiração, alguém que eu tenho a certeza de boas risadas e de que vamos ficar devendo conversa para o outro dia, que sempre me motivou – ainda que sem saber – com o seu olhar sobre a vida, sempre atento e inquieto, as suas paixões literárias e a vontade incessante de aprender…

… Lembro-me das histórias, dos sonhos partilhados e das alegrias que a passagem dos anos nos trouxe, do Drummond e da Mafalda, do meu encantamento com os grãos do café Martinez, do cheiro do café Mocha da Starbucks, do pavê de morangos da Madeleine que nos arranca suspiros, do Hemingway, da Cacau Show, da Amor aos Pedaços e de tantas outras coisas que trago no coração e que o tempo que a memória côa jamais será capaz de apagar.

Isabelle von Randow, 23 anos, mora em Vitória-ES, é estudante do primeiro curso de Gemologia do país e aficionada por café e chocolate, divide todo este seu amor neste blog, o Café com Chocolate.

Foto: Rafael Rodrigues.

Foto: Rafael Rodrigues.

E que tal partilhar a história da sua caneca? Participe deste clube!

Escreva para: cafecomchocolateblog@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s